Livros Recomendados

Do trabalho conjunto de 14 autores portugueses, nasce o manual que serve de guia para as boas práticas em intervenção precoce na infância, direcionado a todos os profissionais que operam na área.

Este manual resulta de um esforço conjunto entre os membros do projeto Im2, quer da equipa operacional, quer da comissão científica, que integrou sugestões dos membros do Sistema Nacional de Intervenção Precoce (SNIPI)

Promovido pela Associação Nacional de Intervenção Precoce (ANIP), com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e em parceria com a Universidade do Minho e dos pais-em-rede, este é o manual de referência em Intervenção Precoce na Infância, em Portugal.

Captura de ecrã 2017-11-15, às 11.27.14.png

Sobejamente apreciado pela variadíssima gama de ideias e estratégias sobre como podemos motivar as crianças a aprender de uma forma harmoniosa, este guia já foi positivamente criticado por Michael J. Guralnick, Barry Carpenter, Carl J. Dunst, Franz Peterander, Marilyn Espe-Sherwindt, Rune Simeonsson, Robin Mcwilliam e José Boavida.

Uma leitura que resulta no aumento da consciência de que aprender é natural e está ao alcance de todos!

Descubra como estimular as relações familiares, enquanto percorre os vários capítulos deste aliciante manual inundado de ideias e estratégias que vão ajudar a aproximar pais e filhos diariamente. Podem ultrapassar, em conjunto, obstáculos transversais a todas as crianças e aos respectivos pais.

Inspire-se e dinamize a rotina, para frente é o caminho!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: